play music

sexta-feira, 19 de maio de 2017

RECANTOS DE PAIXÃO…

Vivo tacteando o destino…
Para sentir teu relevo…
Sou cego no meio da luz…
Sinto-me só na multidão

Desperta meu espirito…
Do passado moribundo…
Com acenos de esperança
E sinais de fumo…

Doa-me novo alento…
Nesta terra de desânimo…
Para seguir tuas peugadas
Sem nunca capitular…

Se no caminho ajoelhar…
Clama por mim…
E meu ser até ti chegará…
Para repousar no teu peito

Deixa-me voar nos sonhos
Abandona-me teus desejos…
Para te tocar por instantes
E sentir teu corpo ofegante…

Dá-me o teu tempo…
Oferece-me o teu calor…
Para aconchegar meu amor
Nos recantos da paixão…

António Afonso 2017/05/20
(Reservados direitos de autor – Lei 50/2004)

Sem comentários:

Enviar um comentário